domingo, 21 de abril de 2013

Conservar ervas aromáticas

Há alguns dias atrás eu estava passeando pela net e vi uma idéia que achei genial, uma maneira de conservar as ervas aromáticas. Eu sempre tinha que comprar ervas congeladas (que perdem o sabor da frescura) porque uso pouco em relação a quantidade que vem nos raminhos. Outra opção era comprar desidratada, foi então que eu vi a idéia e fiquei aguardando ter a erva para po-la em dia.

Espero que gostem:

 
Erva aromática, exemplo: ALECRIM

 
Azeite da sua preferência

 
Forminha de gelo

 
Colocar as ervas aromáticas na forminha

 
Encher as forminhas com o azeite

 
Pode encher bem, não tem problema

 
Coloca no congelador.
 
O resultado é um espetáculo de erva.

sábado, 20 de abril de 2013

Recado


Quer recado melhor que esse? Vive.

As rosas e o seu simbolismo

 

  Rosas Amarelas: amor por alguém que está a morrer ou um amor platónico... ou... amizade.

  Rosas Azuis: verdadeiro amor eterno, raro, forte, que nunca se abala ou descolore, em algumas culturas ela tradicionalmente significa mistério ou a busca _ ou o alcance do impossível

  Rosas Brancas: reverência, segredo, inocência, pureza e paz

  Rosas Champanhe: admiração, simpatia

  Rosas Coloridas em tons claros: amizade e solidariedade

  Rosas Coloridas, predominando as vermelhas: amor, paixão e felicidade

  Rosas Cor-de-rosa: gratidão, agradecimento, o feminino (muitas vezes aparece simbolizando o útero em algumas culturas, como o gineceu está para a cultura ocidental - ver cor-de-rosa

  Rosas Vermelhas: paixão, amor, respeito, adoração

  Rosas Vermelhas com Amarelas: felicidade

  Rosas Vermelhas com Brancas: harmonia, unidade

  Rosas Laranjas: entusiasmo e desejo

  Rosas Vermelhas bordeaux: beleza inconsciente

  Rosas Azuis: confiança, reserva, harmonia e afeto

  Rosas Verdes: esperança, descanso da juventude e equilíbrio

  Rosas Violeta: calma, auto-controle, dignidade e aristocracia

  Rosas Pretas: separação, tristeza e morte

  Rosas Cinzentas: desconsolo, aborrecimento e velhice

 
 

Workshop Ikea: Como ter um jardim dentro de casa

Workshop em 20 de abril de 2013,
COMO TER UM JARDIM DENTRO DE CASA.

Cuidados gerais com as plantas.

1- Excesso de água é a maior causa de morte das plantas.
2- Falta de água é a segunda maior causa de morte das plantas
3- A junção da 1ª e 2ª causas são a terceira maior causa de morte das plantas
ENTÃO MUITO CUIDADO

Não colocar somente água. A água por si só não é suficiente para deixar as plantas bonitas.
Cada planta tem a sua necessidade e colocar sempre o produto adequado para cada necessidade, os nutrientes certos.

A clorose, em botânica é a condição de uma planta em que suas folhas não produzem suficiente clorofila. As folhas apresentam uma coloração diferente da normal: verde pálido ou amarelada. Pode provocara morte da planta por falta de carboidratos. Quando isso ocorre, existe um nutriente chamado anti clorose que pode ser colocado na planta para que essa melhore e não venha a morrer. (Tratar preventivamente no principio da vegetação quando o solo for calcário. Tratar como curativo à aparição dos primeiros sinais do amarelecimento das folhas.).

As plantas aromáticas, na sua maioria, quer muito sol e pouca água (exceto a hortelã).
Regar somente quando a terra estiver seca.

ORQUÍDEA
 

 




 
1- Não mudar de vaso, precisa ter raízes apertadas.
2- Regar de tempos em tempos.
3- Rega-se estando de "molho" de 15 em 15 dias, ou seja, em vez de colocar água na terra, colocar no prato do vaso que a mesma vai buscar a água que necessita. Colocar o prato somente quando for regá-la, nos outros dias deixar sem o prato.
4- Normalmente é plantada em casca de pinheiro.
5- Gosta de luz matinal.
6- Não cortar as astes das flores quando se secarem, a própria planta se renova.
7- Adubar 2 vezes por ano.
 
As orquídeas, de maneira geral não são plantas delicadas e frágeis como alguns acreditam. Pelo contrário, estas plantas são extremamente resistentes e podem sobreviver durante dias fora de seu ambiente. Sua capacidade de sobrevivência lhes permite que tenham tempo para adaptar sua fisiologia a novas condições após o replantio.
 
 
FICUS
 
 
Colocar numa zona com luminosidade, sem luz solar direta.
Temperatura mínima 15°C.
Regar com moderação.
A planta resiste muito mais a falta de água que ao excesso de água. O ideal é colocar os dedos na terra para ver se a mesma está seca.
Aceita muito bem a poda, a qualquer altura do ano.
 
PALMEIRA
 
 
Suporta bem o sol e o frio.
O ideal é colocar num lugar com meia sombra, mesmo ela gostando de muito sol.
A rega segue o exemplo do Ficus.
Como a planta é de grande porte, adaptá-la a um vaso ideal para seu tamanho.
Pelo menos uma vez por ano colocar nutrientes líquidos.
Não desmanchar o "torrão" de terra quando houver a necessidade de trocar de vaso.
A troca pode ser feita a qualquer altura do ano.


HORTÊNCIA

 
 
Hortência Azul

 
Hortência Rosa
 
 
A Hortência é uma flor muito resistente, se faltar água, assim que a regarmos ela se recupera.
Gosta de pouca sombra. Se colocarmos ela ao sol, acima dos 30ºC temos que regarmos muito mais vezes.
Gosta de locais frescos, como exemplo ao clima dos Açores.
Gostam de terras ácidas.
Poda-se no inverno depois das folhas e flores estarem murchas (melhor em dezembro).
Com a poda, controla-se o porte dela (maior ou menor).
 
DIONÉIA
 


A Dionéia é uma planta carnívora que pega e digere presa animal. São plantas populares, apesar da sua reputação de ser difícil.
Elas crescem com ao menos algumas horas de luz solar direta diariamente. Entretanto, sol forte combinado com baixa humidade pode matar mudas recém-cultivadas. Luz insuficiente pode levar a folhas compridas e moles, sem a coloração vermelha no interior das armadilhas.
No inverno, as Dionéias entram em dormência, o que pode tornar seu cultivo problemático em áreas tropicais. Nesta época do ano as folhas ficam mais fracas, o crescimento diminui, e as folhas podem chegar a ficar pretas e secar. O vaso deve então ser mantido em lugar fresco e apenas úmido. É possível também colocar o vaso em um saco plástico e deixá-lo na geladeira , começando no período de outono. Se tudo for feito corretamente, a planta começará a crescer novamente na primavera, com folhas cada vez maiores e mais fortes.

LAVANDA OU ALFAZEMA



As lavandas gostam de sol com fartura, aguentam solos com pedregulhos. No início tem que ter cuidado com a água na rega, depois de ter as raízes fixas a água é o mínimo possível.
Gosta de ser fertilizada, num vaso é necessário mais de duas vezes por ano. Ideal de 2 em 2 meses.
Gosta de pouca poda.
Suas flores são usadas para arranjos florais secos. As flores púrpuras e os brotos, de fragrância suave, são utilizados em potporris. Secos e embalados em pequenos saquinhos de tecido de algodão são utilizados para serem colocados entre as roupas do armário para dar-lhes uma fragrância fresca e agradadável, e também para impedir a presença de insetos.



DÁLIA

 
 

 
 
Reprodução: por meio de sementes, estaquia das pontas dos ramos ou divisão das raízes tuberosas; sendo que esta última permite a propagação de um exemplar com características idênticas às da planta-mãe.
Substrato ideal para o plantio: 2 partes de terra comum, 2 partes de terra vegetal e 1 parte de areia
Clima ideal: ameno
Luminosidade: em locais de clima frio, precisa de no mínimo 4 horas de sol pleno; já em clima quente, recomenda-se o cultivo à meia-sombra
Regas: manter o solo sempre úmido, sem encharcar
Floração: produz flores isoladas na primavera e no verão, em várias cores
Cuidados: necessita de proteção contra ventos e adubação orgânica a cada três meses.
Folhagem mito intensa.
Pode apanhar sol direto, mas de vez em quando por à sombra.
Quando a flor seca tem que tirar, as folhas também.
Não pulverizar, pode causar fungos.
 
KALANCHOE

Por acumular muita água precisa de poucos cuidados com a rega. No verão pode ser regada apenas duas vezes semanalmente e no inverno apenas uma ou quando o substrado estiver começando a ressecar.
O período de florada vai em geral do início do inverno ao fim da primavera. Pode ser encontrada com flores vermelhas, rosas, laranjas, brancas, amarelas e talvez outras cores.
 
 
ROSA



 
Como não falar das rosas...
 
A rosa é uma das flores mais populares no mundo, cultivada desde a antiguidade. A primeira rosa cresceu nos jardins asiáticos há 5 000 anos. Na sua forma selvagem, a flor é ainda mais antiga. Fósseis dessas rosas datam de há 35 milhões de anos.
Atualmente, as rosas cultivadas estão disponíveis em uma variedade imensa de formas, tanto no aspecto vegetativo como no aspecto floral. As flores, particularmente, sofreram modificações através de cruzamentos realizados ao longo dos séculos para que adquirissem suas características mais conhecidas: muitas pétalas, forte aroma e cores das mais variadas.
Sua rega deve ser igual ao tomateiro, molhar somente a terra.
Não é bom tê-la em ambientes húmidos. É uma planta bstante resistente.
Podá-la somente no inverno.
Gosta de boa iluminação.
Quando as folhas estão cinzentas é sinal que estão doentes.
 
Depois dessas dicas, bora lá deixar a casa cheia de flores nessa primavera.
 
 
 
 

 
 

 
 

 
 

 
 

 
 

 
 

 
 

 
 

Workshop Ikea: Refresque seu quarto

Workshop Ikea, tema: REFRESQUE SEU QUARTO

A importância do sono
Sabemos que é muito importante as horas de sono que temos e como devemos aproveitá-las. Uma noite mal dormida nos deixa péssimas, com caras horrorosas e nem se fala no mal humor o dia todo.
Então com base nisso inspire-se nessas dicas.

Primeiramente temos que nos sentir bem conosco e com o nosso ambiente. O mesmo tem que estar agradável e ter vários tipos de iluminação.



Inspire-se na decoração do quarto. Pode ser de um estilo confortável, moderno em tons fortes ou suaves, tradicional também em tons fortes ou suaves ou até mesmo coloridos, o que temos que ter em mente é que vamos passar uma grande parte do nosso dia nesse cômodo, então temos que estar "de bem" com ele.

Não podemos esquecer da organização do quarto e essa é uma parte muito difícil, então:
-elabore um plano de organização
-cama
-roupeiro
-arrumação
-comoda
 
Um exercício essencial para a arrumação é saber se tudo que temos usamos ou não. Temos somente o que usamos? E isso serve também para roupas de cama. Não adiante termos 8 jogos de lençol se usamos somente um de cada vez e depois ficamos aflitas em descobrir onde vamos guardar os outro sete que não estão sendo usados, então, tenha somente o necessário.
 
Ter uma cama, um bom colchão e boas almofadas.
Hoje em dia existe no mercado várias opções de camas, inclusive aquelas que de um lado é com um tipo de colchão e do outro lado é de outro jeito, isso para casais que optem por ter colchões diferentes. E tem que pensar também nos estrados da cama, ele é que faz o colchão respirar (ventilar o colchão).
 
Uma dica ótima: a cama deve respirar, então nada de arrumá-la assim que levantar, convém deixá-la respirar por algumas horas. Se não tem tempo de esperar e assim que levanta já se arruma para ir trabalhar, então opte por arrumar a cama somente quando volta pra casa.
Já as almofadas devem ser trocadas de 2 em 2 anos.
 


Escolha o tipo de arrumação ideal:
Por exemplo: quantos metros de pendurados tenho? Calças? Vestidos? Saber o que tenho e onde cabe o que tenho.

Adapte os interiores às suas medidas. Organize os interiores das gavetas. Aproveite os espaços embaixo da mama ou até mesmo atrás da cama. Tem soluçoes que são abertas, parecem lojas. Arcas, baús e banquetas. Podemos utilizar tudo para termos a nossa organização em dia.

 
Gavetas organizadas.

 
Outro exemplo de gavetas organizadas.
 
 
As camisetas sempre a vista e em ordem.

 
Aproveitar os espaços debaixo da cama.
 
 
 
E as soluçoes abertas.
 
Já os têxteis varia de acordo com o estilo e com o orçamento de cada um.
Os têxteis fazem a diferença e na dúvida não arrisque.
Ter atenção aos tapetes em relação a altura do mesmo porque se tiver gavetas muito baixas pode acontecer de a altura do tapete atrapalhar na abertura das gavetas. Se quizer somente um tapete para os pés para quando sai da cama, esse pode ser pequeno.
 



 

 
Personalize as paredes do seu quarto. Exemplo: Parede despida, somente com um espelho.
A tv no quarto mais vale assumir em vez de tentar esconder.
 
Uma boa iluminação faz toda a difereça na decoração de uma casa. Nunca é demais ter bastante iluminação em casa, na sala, no quarto ou em qualquer divisão. optar por lampadas de baixo cnsumo e aproveitar para iluminar até mesmo a bancada da cozinha.





 
Aproveite as dicas e durmam bem.
 
 

Meu anjinho criando asas...

 
O Rodrigo aprendeu a subir o batente das portas aqui de casa e agora não pára mais, quando a gente menos espera lá está ele subindo e pulando novamente. No fundo, no fundo acho a brincadeira demais, não vejo tanto perigo, claro que algum sempre tem, mas se a gente for ver perigo em tudo ninguém brinca e se diverte né, então não aguentei e tirei fotos e fiz um videozinho com ele a subir. Até parece um homem aranha, é o que ele vive falando.
 

 
 
video

 

Workshop Ikea: Crie suas próprias almofadas

 
Esse workshop foi dia 06 de abril. Pois é, vou postar todos de uma vez hehehehe.
o tema: CRIE SUAS PRÓPRIAS ALMFADAS e foi de grande satisfação.
Adorei o espaço onde foi ministrado o workshop aqui no Ikea de Loures, a organização e claro, como não podia deixar de ser, prendinha no final: uma almofada feita por nós. 

 
Utilizamos tecidos do próprio Ikea. Uma gama muito variada e de ótimos padrões.

 
Nos ensinaram a fazer uma almofada simples chamada REBUÇADO, ou para as brasileiras simplesmente BALA.
 
 
Esse foi o resultado do "rebuçado" da Marcia.
 
 
E esse é o resultado do meu "rebuçado". Fofinho e FEITO POR MIM, o que é mais importante.

 
Adorei.